Pular para o conteúdo

WhatsApp: Nova atualização do aplicativo permitirá o compartilhamento de links através de chamadas

O recurso de link para compartilhamento de chamadas é comum em outros serviços de ligação, como o Google Meet e Zoom, por exemplo. A funcionalidade permite que os usuários acessem uma chamada em andamento apenas clicando no link compartilhado. O recurso deve facilitar o uso por parte dos usuários do WhatsApp, pois evita a necessidade de fazer os convites manualmente para cada contato que deseja que entre na ligação.
A última grande atualização de novos recursos para os usuários do WhatsApp foi lançada pela Meta no início de agosto. O update trouxe novidades como a possibilidade de sair de grupos de forma silenciosa, escolher quem pode ver se está online e bloquear as capturas de tela para mensagens de visualização única. Outras funções seguem sendo testadas para, no futuro, chegarem oficialmente ao aplicativo de mensagens.

Portanto, o anuncio da chegada do recurso de compartilhamento de links para chamadas, trata-se de uma funcionalidade que já foi liberada para alguns usuários e deve chegar, em breve, para todos que tiverem o aplicativo, mediante a uma atualização. O anúncio oficial foi publicado no perfil do Twitter de Will Cathcart, diretor do mensageiro da Meta, empresa que também é dona do Facebook e Instagram.

A criação do link poderá ser feita ao acessar a opção ‘Links de Chamada’ dentro da aba ‘Chamadas’. A partir dessa ferramenta, com apenas um toque, o usuário pode ingressar na conversa por áudio ou vídeo.

Mas como é que isso vai funcionar na prática?

Então, para gerar um link, o usuário deve ir em “Chamadas”, tocar em “Criar link de chamada”, e compartilhar esse link para um grupo ou os contatos com os quais ele quer realizar uma chamada de voz ou vídeo até o limite de – por enquanto – oito pessoas.

Desse modo, o usuário não precisa ir adicionando um por um os contatos na lista para realizar uma chamada em grupo.

Mas de que forma isso irá impactar o seu negócio?

Será muito mais simples fazer uma reunião interna de imediato, ou seja, os processos internos serão os mais impactados com a chegada da novidade presente na nova atualização, que permite até 32 usuários na mesma chamada, sendo ela de voz ou vídeo.
Além disso, entrevistas de emprego podem ser realizadas através da plataforma proporcionando ao candidato um conforto maior e um contato mais acolhedor durante o processo.
Fala-se também na atualização que permite a criação de comunidades no mensageiro, assim como era feito na antiga rede social “Orkut” a novidade tem previsão de chegada após as eleições no Brasil.
O grande foco deste lançamento é permitir que pessoas com interesses em comum tenha diversos canais para realizar discussões e claro, também trabalhar. Cada comunidade funcionará como um “supergrupo” com diversas variantes que não são muito distantes, para que cada assunto seja tratado em seu devido lugar.

Um exemplo citado pelo próprio WhatsApp foi a de uma empresa em que os funcionários usam o WhatsApp para se comunicar. Ao invés de criar diversos grupos separados, basta optar pelos subgrupos da comunidade.

A princípio, essas comunidades teriam um limite de 10 grupos com até 256 pessoas cada um — ou seja, 2.560 usuários no total. No entanto, segundo informações de site especializados, a empresa estuda aumentar o número de participantes em grupos para 512 e elevar também a quantidade de grupos em cada comunidade. É esperado que o mesmo conceito seja implantado em outras redes sociais da Meta, de acordo com um comunicado feito em abril de 2022.

Zuckenberg deixou claro que a novidade também irá chegar ao Facebook e Instagram, conforme for o resultado do teste através do WhatsApp.
Nos conte o que você espera dessas novidades. Será possível realizar melhores chamadas com o envio de links?

Solicite já uma demonstração e conheça todas as nossas funcionalidades!