capital da inovação e a importância da visão

O que todos os líderes de inovação de sucesso tem em comum? Ter uma criatividade aguçada ou ter ideias geniais são só uma das características em comum. Nikola Tesla, sem dúvidas, teve invenções melhores que Thomas Edison, mas Edison teve sucesso enquanto Tesla vivia pobre. Edison não só desenvolveu ideias que mudou o mundo, como também, comercializou seu produto em um mercado competitivo. Mas por que Tesla não conseguiu fazer o mesmo? Porque não tinha capital da inovação.

 

O que é capital da inovação?

Mas o que seria isso? Capital da inovação é o valor intangível, como o capital cultural, que ajuda a sua empresa a receber recursos necessários para vender uma ideia nova. Capital da inovação é soma de quem você é (capital humano), de quem você se relaciona (capital social), de como você é conhecido (reputação é um capital valioso) e de determinadas ações que você e sua empresa tomam que ampliam a visão que as pessoas tem de você. Capital da inovação é uma construção diária, que se desenvolve ao longo do tempo. 

Esse tema é tão atual que a Harvard Business Review Press lançou um livro sobre o tema, “Capital da Inovação: Como Competir e Vencer Como os Líderes Mais Inovadores do Mundo”. Em que apresenta o resultado de um estudo dos líderes mais inovadores e suas construções, como utilizaram o capital da inovação para conseguir quem o apoiasse e conseguir executar as novas ideias. Além disso, identificaram as qualidades essenciais para o desenvolvimento desse capital.

 

Habilidades de Liderança em Inovação

O capital da inovação inicia sua construção com as habilidades de inovação dos líderes da corporação. Se você não sabe como ser líder em um projeto de inovação, jamais terá um histórico de inovação em seu currículo ou terá pessoas inovadoras em seu círculo social e nas comunidades que está envolvido. Então, o capital da inovação de uma empresa começa com o CEO, com o seu fundador – o que os administradores mais tradicionais chamam de “capital humano”-. Duas habilidades são importantes para construir inovações que sejam bem sucedidas:

 

Visão de futuro

Os líderes de inovações viajam no tempo, pois, só assim, entendem e preveem as tendências de mercado, no comportamento do consumidor e com as tecnologias, para poderem planejar o que será importante de executar futuramente. Para ser um líder inovador é preciso ter inteligência criativa e ter uma personalidade “aberta a novas experiências”. É preciso ter visão para captar as oportunidades do mercado e a capacidade de uma organização construir cultura forte. Conectar pessoas com um mesmo objetivo e visão, para que possam estar a frente de seu mercado, implantando as tendências antes de já serem consolidadas, fazendo parte já do senso comum. 

Capital da inovação não é uma ciência, mas uma arte e quanto mais um líder tiver visão, mais longevidade terá seus negócios. Um dos grandes exemplos é Elon Musk, o empreendedor tem tanta perspicácia, que já cogita a possibilidade de precisarmos colonizar Marte. Bezos é um outro exemplo, que sempre olhou ao seu redor, buscando saber em quais outros serviços e produtos, a Amazon poderia entregar uma melhor experiência ao cliente e investir nisso. Lembre-se, ela começou como uma livraria online e, hoje, tem uma cartela de serviços e produtos. Bezos sempre focou seus negócios em seus clientes

 

Solução proativa de problemas

Líderes que inovam são proativos na resolução de problemas, não importa o quão difícil, complexo ou novo é. Tem que ser incansável em resolver os problemas e para isso é preciso ser teimoso, mas, ao mesmo tempo, flexível. Pode até parecer contraditório, no entanto, é preciso ser teimoso em crer que a sua visão esteja certa e flexível com relação aos caminhos para chegar onde se quer. Quando uma ação não funciona, você precisa tentar de outra forma, até encontrar uma maneira de resolver ou executá-la com excelência. Isso é ter potencial.

  

Equipe planejando novos produtos, gerando capital da inovação
Equipe planejando novos produtos, gerando capital da inovação

Conexões sociais e reputação de inovação

Uma liderança inovadora que possui habilidades de visão de mercado, captação de tendências e soluciona proativamente os problemas, é bem sucedidos em seus projetos. Ter bons resultados, atrai boas conexões sociais com pessoas que podem te ajudar nos seus projetos ou em reforçar o seu sucesso

Tanto Bezos, quanto Musk e Zuckerberg não só foram fundadores de empresas de sucesso, inovadoras e impactantes, como mudou completamente os seus mercados. A forma mais eficaz de se construir uma reputação de inovação é ser fundador, seja de empresa, produto ou departamento. Ou seja, são os responsáveis pela iniciativa e pelo gerenciamento de um projeto de impacto em uma empresa ou mesmo em sua geração.  

Eles e suas empresas dão vozes e ganham fãs que compram, defende a marca e ainda gerar valor agregado a marca. Ter a satisfação do cliente faz a sua empresa não só ganhar reputação como ter brand equity. Mudando não só a visão do mercado, dos consumidores finais, gerando um valor intangível a sua empresa, mas como a visão dos investidores. Melhorando a posição estratégica da empresa e gerando maior lucratividade, reduzindo os custos em marketing e na aquisição de clientes. Ao mesmo tempo que, fideliza mais clientes. Resultado? Maior vantagem competitiva e capacidade de ser líder de mercado.  

E é por isso que tantas empresas se comunicam por diversos meios com seus clientes, devido toda a importância que construir uma reputação sólida tem, não só para clientes, como para investidores.  Logo, o capital da inovação é garantir que a sua empresa tenha uma gestão sustentável, próspera e perene. Por isso, as empresas devem buscar programas de inovações, incentivando e aplicando uma cultura forte que favoreça a busca incessante por ações inovadoras. E que encare erros como aprendizados, pois isso, inclusive, irá incentivar seus colaboradores a serem precursores de inovações, ao se sentirem à vontade para arriscar mais. Assim, inicia-se o ciclo do capital da inovação.

 

Cultura organizacional

Um cultura de inovação deve aplicar técnicas e modelos de gestão com melhoria contínua de processo. Aliás, falamos disso, lembra? O modelo de produção enxuta, te ajuda não só em eliminar o desnecessário, como a criar inovações, já que precisa solucionar problemas. E identificar e mensurar os erros são os primeiros passos em buscar solucioná-los. Tecnologias como big data e inteligência artificial são excelentes ferramentas para a inovação.

Na economia atual, da mesma forma que os colaboradores precisam de dados e informações para executarem bem suas atividades dentro da empresa, assim como, criarem inovações. Os consumidores, também, precisam receber e ter conteúdo compartilhado pela empresa. Pois dessa forma eles irão ver os esforços da empresa em entregar uma boa experiência, terá uma relação genuína e a empresa entregará valor através de conteúdo direcionado.

Se comunicar com o seu público, seja por atendimento ou por redes sociais é um dos maiores diferenciais. E obviamente, demanda de muita inovação, tanto por conta da cultura organizacional quanto por saber exatamente o que seu público quer. Algumas empresas como a Chat2Desk, que tem serviço de canais de atendimento omnichannel, inclusive com automação de chatbots

São ferramentas essenciais para as empresas que buscam investir em capital da inovação, pois além de permitir que os colaboradores respondam os clientes em todos os canais, de forma rápida, direcionada e otimizando muito o serviço. Esse serviço trabalha com inteligência artificial, recolhendo e organizando os dados de acordo com jornada do cliente, seus gostos e comportamentos. Todas essas informações são muito importantes para direcionar o marketing da empresa e agir com mais assertividade.

 

Capital da inovação: o atributo secreto dos maiores líderes de inovação 1

Related Post

    Leave a Comment

    Artigos recentes

    Atendimento ao cliente
    Black Friday: como se preparar
    Capital da inovação: o atributo secreto dos maiores líderes de inovação 3
    Black Friday chegando
    Cliente utilizando WhatsApp Business para fazer compras