Elon Musk dando entrevista

Essa semana, Elon Musk se tornou um dos homens mais ricos do mundo, ultrapassando o patrimônio do megainvestidor Warren Buffet. Isso graças a valorização das ações da Tesla e o seu forte poder de influência tanto através de suas empresas ou mesmo como empreendedor. E o mais importante, o quanto podemos aprender sobre sucesso com toda essa trajetória. 

Elon Musk está sempre trazendo produtos que revolucionam o mercado em que atua e o mundo. Além de todo o burburinho que causa, a cada produto lançado, e a comoção do público. A descrição de uma pessoa carismática assim, nos faz lembrar Jobs no lançamento do Iphone. Os dois possuem como característica a visão futurista da busca pela inovação e ousadia. 

Não à toa, Elon Musk lançou um carro esportivo elétrico que corre de 0 a 100km/h em 1,9 segundos. Como se não bastasse, lançou no mercado um caminhão com esse modelo de energia também. Seu objetivo era popularizar mais os automóveis elétricos no mundo.

Quem é Elon Musk?

Elon Musk é excêntrico, ao mesmo tempo, que é carismático e um verdadeiro nerd. Tem como formação economia e física, além de gostar muito sobre tudo relacionado ao espaço. Sendo cotado como um dos empreendedores com maior potencial de transformar o mundo através das suas empresas. 

Musk nasceu na África do Sul, de origem humilde, muito longe do Vale do Silício, onde mora há quase 20 anos. Seu primeiro negócio foi financiado por um empréstimo que pediu ao seu pai. E, logo, a empresa que era um molde de páginas amarelas virtual fez um sucesso, lhe deixando milionário aos 20 anos.  Alguns atributos são fundamentais para que Musk tenha sucesso em tudo o que faz, como veremos a seguir:

Uma das empresas de Elon Musk, a Tesla
Uma das empresas de Elon Musk, a Tesla

Metas sempre maiores

Conforme suas conquistas aumentam, aumentam, também, as suas metas. Isso é bem claro em Elon Musk, ele adapta suas metas conforme o seu caminho. Assim como todo empreendedor de sucesso, sempre construiu seu próprio modelo de negócio desconstruindo o modelo tradicional, repensando o modelo já existente. Há 30 anos atrás, Elon Musk já sabia que a internet iria mudar por completo a forma como nos comportamos socialmente e a forma como consumimos. Previu como as fintechs iriam revolucionar o mercado financeiro, muito antes de se tornar moda. 

Criou uma empresa de pagamentos online, a X.com, que posteriormente se juntou a PayPal, mudando a forma como nós lidávamos com o dinheiro, ainda, em 2002. Nessa época já era multimilionário e poderia se tornar somente investidor ou se aposentar. Mas Elon Musk queria mais e, não só isso, resolveu correr mais riscos. Mudou completamente de setor.

Criando, ainda, em 2002, a SpaceX e adquirindo, no ano seguinte, a Tesla Motors, quando ainda era uma startup. É bem provável que nunca antes um empreendedor no mundo, tenha sido tão ousado, desde o início da empresa. E com objetivos tão ambiciosos como Elon Musk tinha para seus dois empreendimentos simultaneamente. 

A SpaceX recriou a forma como se transporta equipamentos no espaço. Além de reduzir os custos, como nenhuma outra companhia foi capaz, dos voos dos foguetes. Servindo como terceirizado, inclusive, para a NASA, Facebook e outras companhias high tech. Fabricando seus produtos com técnicas “lean” (enxuta), com maior eficiência, e teve a brilhante ideia de reciclar os foguetes ao fazê-los pousar verticalmente. 

Só em 2017, a SpaceX enviou mais foguetes ao espaço que qualquer país do mundo. Tendo como o seu propósito algo quase que impossível de se crer: “fazer da humanidade uma espécie multiplanetária”.

 

Elon Musk se dedica a soluciona problemas sempre maiores

A Tesla tem como seu objetivo fabricar automóveis elétricos e atua no setor de energia solar e baterias, o que, atualmente, devido todas as mudanças climáticas, é super importante para a sobrevivência humana. E, em 2006, Elon Musk escreveu que o propósito da empresa era justamente ser a propulsora da transição de consumo da economia de poluente para as economias limpas, ou seja, solar e elétrica. São problemas difíceis de se resolver, não é por acaso que países fazem tantos encontros para debater o tema. E, ainda assim, se encontram em embate, muitas vezes, nem mesmo atingindo suas metas

Ao contrário das empresas de Elon Musk, a Tesla não só criou carros elétricos, como conseguiu criar seus automóveis em maior escala com custo reduzido. Sendo, inclusive, considerados dois deles um dos melhores do mundo no que tange conforto, segurança e tecnologia. A Tesla acelerou muito o crescimento o setor de energia solar e elétrica. Por conta de toda sua popularidade, é possível conversamos sobre isso e a vermos como uma realidade. 

Elon Musk utilizou algumas estratégias para fazer da Tesla, uma empresa que revolucionou a história da indústria automobilística elétrica. É verdade que muito do sucesso da Tesla e da SpaceX vem também, das características e valores pessoais de Musk, vejamos alguns de seus pensamentos mais emblemáticos: 

“A persistência é muito importante. Você não deve desistir, a menos que seja forçado a desistir.”

Por muitas vezes, Elon Musk foi considerado lunático ou mesmo criticado como alguém que não cumpre o que promete. Muitas dessas críticas devido ao fato dele investir grande parte da sua fortuna na SpaceX e porque, também, durante um bom tempo a Tesla dava mais prejuízo do que lucro. No entanto, sabemos que isso é o caminho de muitas empresas, para só depois ter o retorno sobre o investimento. Com as empresas de Elon Musk não foi diferente, mas devido a suas ideias ambiciosas, muitos estavam céticos de que ele fosse chegar tão longe. Isso não o abateu em nada e, vejamos, não é mesmo que ele chegou onde queria?!

 

Quando algo é importante o suficiente, você realiza, mesmo que as chances não estejam a seu favor.

Como se não bastasse ser um missão muito difícil querer produzir automóveis esportivos elétricos e colonizar Marte, ainda teria que comercializar essa ideia. Com a maioria das pessoas descrentes do seu potencial. Elon Musk já era milionário, tinha todos os motivos para desistir, mas desde o início da sua carreira, seu foco sempre foi solucionar problemas. E, quanto mais o tempo passa, ele se empenha em resolver problemas mais difíceis. Logo, o que para muitos é uma grande dificuldade, para Musk é só uma parte do processo. 

Spacex, uma das paixões de Elon Musk é o espaço
Spacex, uma das paixões de Elon Musk é o espaço

Algumas pessoas não gostam de mudanças, mas você precisa abraçar a mudança se a alternativa for desastre.

Em um período de crise como a que estamos vivendo, visionários como Elon Musk e Jeff Bezos estão lucrando, pois veem as tendências do mercado e agem a frente do seu tempo. Quem ainda não tinha ingressado no mundo digital, por pior momento em que a empresa esteja passando, é momento de ingressar com tudo. Pois não temos mais outra alternativa, é quase certo que até a saída de uma vacina, viveremos em quarentena intermitente.

 

“Eu tenho duas opções: assistir a tudo isso acontecendo ou fazer parte disso”. 

Você tem a opção de desistir do seu negócio e tentar iniciar outro do zero em um período de quarentena e recessão global. Ou você pode entrar com tudo, mesmo com poucos recursos, oferecer ao seu cliente, uma boa experiência. Nesses momentos, a melhor forma de entregar experiência é com um bom atendimento, pois além de toda mudança nos processos e estrutura da empresa, é preciso informar os clientes sobre as medidas de segurança e higiene, é preciso deixar o cliente ciente de cada mudança, como está a logística em meio a esse período de pandemia e dar todo o suporte que ele precisa.

A forma mais eficaz e de baixo custo para se ter uma bom atendimento e comunicação próxima do seu público, é contratando empresas parceiras do Facebook, como a Chat2Desk, que oferecem serviços de WhatsApp Business API. Além de ser um sistema integrado em que você tenha na interface todos os canais que utiliza. Utilizando o WhatsApp Business API, você terá um único número cadastrado no WhatsApp, no entanto, é possível que vários atendentes acessem a interface e interaja com os seus clientes. Além de possuir chatbots para personalizar e otimizar o atendimento. Ao mesmo tempo que utiliza também, todas as informações coletadas para armazenar e organizar de acordo com a jornada do cliente.

O que direciona e muito na hora de entregar uma experiência ao cliente, esse é um diferencial e tanto, sobretudo, em alguns segmentos que ao entrar no meio digital perder essa força por não conseguir oferecer as mesmas experiências que no meio offline.

Elon Musk: lições de um visionário! 1

Related Post

    Leave a Comment

    Artigos recentes

    Adaptação ao mercado atual com a retomada da economia
    Conteúdo sobre estratégia de vendas: up sell, cross sell e down sell
    quais ações de branding é preciso tomar para resultar em brand equity
    Corretor de imóveis planejando com os dados colhidos do CRM para imobiliária
    capital da inovação e a importância da visão